Piloto WGK fatura 2 títulos em 2014 e termina Brasileiro em segundo

O piloto da WGK, Davi Gomide, de 13 anos recém completados, terminou a temporada 2014 do campeonato Brasileiro de motovelocidade, categoria de 150 cilindradas, em segundo lugar.

A última prova da temporada foi disputada em Goiânia. Davi, que vinha de dois resultados abaixo da média, conseguiu apenas a oitava posição na linha de chegada e fez os pontos necessários para garantir a segunda colocação no campeonato.

Após um primeiro semestre arrasador, com 5 poles position seguidas e 4 vitórias na sequência, Davi faturou o título da Copa Pirelli e o título do campeonato Paulista de 2014. Abriu uma larga vantagem de 17 pontos para o segundo colocado, já que os torneios ocorrem simultaneamente.

Mas problemas pessoais impediram o jovem piloto de continuar no campeonato e Davi teve que ficar de fora da primeira etapa de Goiânia. Com a ausência e “zero” ponto marcado, Davi perdeu toda a vantagem que tinha e não conseguiu mais alcançar a ponta da competição. “Na motovelocidade, ficar de fora de uma etapa é algo que complica tudo, você coloca o ano todo em risco, porque a gente consegue abrir 2 ou 3 pontos em cada etapa. Aí, numa única etapa, você perde 25 pontos. Ficou difícil depois de não ter corrido em Goiânia”, lamenta o jovem.

Mesmo terminando em segundo no Brasileiro, Davi foi o piloto com o maior número de poles e o maior número de vitórias no ano. Davi contou com o apoio fundamental da WGK, que acreditou no piloto desde o início.