Piloto WGK

Davi GomideO piloto da WGK, Davi Gomide, de 12 anos, tem sido considerado pela mídia e por especialistas do assunto como uma das principais promessas da motovelocidade no País. Atualmente, ele lidera o campeonato brasileiro da categoria até 16 anos, batizada de Honda Junior Cup, no Superbike Series Brasil. Em 2014, em três corridas, todas no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, ele obteve três pole position. Em duas provas, cruzou a linha de chegada em primeiro lugar. E na outra corrida, alcançou o segundo posto. Mais 7 etapas completam o calendário deste ano de 2014.

Uma das características mais marcantes que Davi tem revelado nas pistas é a volta rápida no treino classificatório. O piloto mirim vem se destacando com a quantidade de poles que tem alcançado. Em 8 provas que participou até agora, fez 4 poles. Nenhum outro competidor conseguiu tal feito na categoria, que conta com motos Honda de 150 cilindradas. Nas 8 corridas, Davi Gomide nunca esteve fora do pódio, chegando sempre entre os 5 primeiros.

No ano de 2013, ano de estreia do piloto na categoria, Davi ficou em terceiro lugar no campeonato. Obteve um 2º lugar em Santa Cruz do Sul (RS), um 3º lugar em Brasília e um 3º lugar em Curitiba (PR), um 5º lugar em Interlagos (SP) e um 4º lugar em Cascavel (PR), depois de obter a pole position e liderar a corrida inteira até duas curvas do final.

Fora das pistas, Davi é calmo, fala baixo e esta sempre observando. Escuta antes de falar. Mas brinca como qualquer criança e adolescente. É muito alegre, pensa antes de falar, consciente dos riscos que o esporte que ele pratica traz. Adora esporte e leva a sério a rotina pesada de treinos. Três vezes por semana enfrenta uma maratona de exercícios físicos para aprimorar a preparação para a moto, que envolvem 3 a 4 horas entre natação e musculação por dia. Para isso, Davi recebe o apoio e patrocínio da Rodrigo David Treinamentos, uma empresa especializada no setor. Nos outros 2 dias, Davi aprimora o inglês em uma escola particular, pois sabe que logo mais terá que morar fora do país para dar sequencia a profissionalização na motovelocidade.

Dentro das pistas, o piloto da WGK é cerebral e muito competitivo. Consegue manter a concentração durante toda a prova, o que sempre faz a diferença na linha de chegada. Em todas os duelos travados – seja pela primeira, segunda ou terceira posição – Davi nunca perdeu a disputa, vencendo pilotos de 16 anos, com milésimos de vantagem.

Davi Gomide“Eu adoro adrenalina. A adrenalina faz com que eu esqueça de tudo, e que só exista aquele momento. Eu gosto muito de velocidade, não sinto medo dela. Eu sei que é um esporte de risco, mas eu não tenho medo de me machucar não. É uma coisa que vem de dentro. Eu quero chegar no Mundial de Superbike e na MotoGP. Todo mundo aqui no nosso país adora moto e a gente quase não tem ninguem la, competindo com os melhores. Eu quero ta lá”, diz o piloto mirim.

A mídia também esta de olho no piloto da WGK. O portal R7, o segundo mais acessado do Brasil, com 29 milhões de views por mês, já fez 3 reportagens com o Davi. O piloto já deu entrevistas para o Linha de Chegada (Sportv), Mais Você (Rede Globo), documentário da HBO, documentário da Medialand, site Duas Rodas e Site oficial da Honda Team e TV Record Ribeirão Preto.

Histórico

Quando eu tinha 6 anos, Davi acompanhava o pai nas corridas de moto, que disputava o campeonato brasileiro na categoria 1000 cilindradas. Ele ficava quase 10 horas nos boxes vivendo aquela emoção, cheirando oleo, gasolina e ouvindo tudo que os pilotos da equipe de seu pai conversavam com os mecânicos. Queria muito fazer parte daquilo. Aos 9 anos, de tanto pedir, ganhou sua primeira moto. E aos 11 anos, começou a correr em autódromo.

Ídolos

Davi se inspira em Valentino Rossi e Jorge Lorenzo. Um por ser o maior de todos os tempos e muito carismático. E o outro por ser bastante cerebral e preciso na tocada da moto.

Campeonato

O Campeonato Brasileiro é disputado em várias cidades do Brasil, tais como Santa Cruz do Sul (RS), Cascavel (PR), Curitiba (PR), Brasília e Campo Grande (MS), além do circuito de Interlagos, templo do esporte a motor mundial. O Superbike Series Brasil conta com diversas categorias, tal como a Honda Junior Cup, e reúne 30 mil fãs da motovelocidade nas arquibancadas. O evento é considerado pela FIM (Federação internacional de Motociclismo) como o 5º maior campeonato de motovelocidade do mundo, ficando atrás de eventos como MotoGP, Mundial de Superbike e Campeonato Britânico. Há transmissão ao vivo pela RedeTV e compacto pela Band, além de transmissão pelos portais R7 e Terra, e pelo site Superbike.com. Marcas fortes do mercado de motos patrocinam o evento, tais como Honda, Kawasaki, Ducati, Pirelli, Elf, Mobil, Monster, entre outros.

Álbum de Fotos